6 técnicas de estudo para concursos mais utilizadas pelos aprovados

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Estudar para concursos públicos é um processo que exige dedicação e disciplina, o concurseiro deve ter em mente que irá se privar de algumas coisas momentaneamente, para que depois possa usufruir de inúmeros benefícios, principalmente no que se refere à qualidade de vida.

Além de dedicação e disciplina, estudar para concursos exige também o desenvolvimento de técnicas que tornem o tempo gasto com os estudos mais produtivo e que potencializa o processo de memorização dos conteúdos.

Assim como utilizamos ferramentas idiomas (como dicionários, textos e vídeos) para aprender alguma língua específica, precisamos utilizar instrumentos para aprender mais e com mais qualidade.

Mas afinal, que instrumentos são esses? Quais são as técnicas mais utilizadas pelos aprovados?

Confira a seguir dicas para concurseiros com base em 6 técnicas de estudo para concursos que realmente funcionam.

Conheça as melhores técnicas de estudo para concursos

Está estudando para o ENEM? Acesse este artigo e aprenda como estudar para o ENEM de forma inteligente.

Se você pesquisar, vai encontrar uma infinidade de técnicas de estudos para concursos, algumas válidas e outras nem tanto.

Mas fique tranquilo, pois a seguir elencaremos as 6 principais técnicas mais utilizadas pelos aprovados, as quais você pode começar a aplicá-las agora mesmo.

Grave o que você estudou

Uma das mais utilizadas em estudos para concursos públicos é gravar o que foi aprendido, basicamente essa gravação será o seu resumo e você poderá ouvi-lo sempre que necessário e sempre que tiver tempo extra.

Como fazer?

Leia o conteúdo, entenda-o e então pegue o gravador e explique com suas palavras (como se fosse uma aula ou palestra).

Por que funciona?

Porque exige atenção, síntese e estimula a memorização.

Consulte provas anteriores e resolva muitos exercícios

Essa técnica já não é novidade para quem passou por outras provas, mas é um dos principais norteadores do estudo para concursos, assim como avalia o desempenho do concurseiro ao longo do tempo.

Como fazer?

Baixe provas anteriores do cargo que pretende ocupar, resolva-os e depois avalie seu desempenho.

Por que funciona?

Porque você identifica seus pontos fortes e fracos, bem como contribui para o processo de memorização do conteúdo;

Faça fichamentos e resumos do conteúdo estudado

Uma das melhores formas de memorizar o conteúdo é fazendo resumos ou fichamentos, os quais podem ser posteriormente consultados.

Como fazer?

Use suas palavras e papel e caneta, mas se ainda tem dúvidas temos dois conteúdos especiais para você: um sobre como fazer um fichamento e o outro sobre como fazer um resumo

Por que funciona?

Porque economiza tempo, afinal quando tiver dúvidas o estudante pode consultar o resumo/fichamento e também porque exige assimilação do conteúdo estudado;

Tenha ciclos de estudo

técnicas de estudo para concursos: ciclos de estudo

Essa técnica é constituída pelo estudo de diversas disciplinas simultaneamente, como uma forma de deixar o conteúdo na sua memória recente e lhe de ajudar a correlacioná-los.

Como fazer?

Coloquem no papel todas as disciplinas que estão previstas no edital e posteriormente crie um cronograma de estudo, onde em um dia você estuda diversos conteúdos.

É de suma importância que você crie um cronograma com base na sua realidade, no tempo que dispõe para estudar e na quantidade de disciplinas cobradas no concurso público que você almeja. Obviamente, com o tempo você pode mudar seu cronograma de acordo com suas demandas recentes.

Por que funciona?

Porque você força seu cérebro a memorizar diferentes conteúdos em só dia, não corre o risco de estudar somente um conteúdo e também trabalha na organização do tempo.

Utilize a técnica do pomodoro

Essa técnica pode ser usada junto com outras técnicas de estudo, basicamente consiste em criar momentos de concentração intensa, mas que sejam também curtos.

Como fazer?

Ao começar a estudar você coloca no cronômetro 25 minutos (ou mais) e neste período você tem que ter concentração máxima no conteúdo que está estudando, passado os 25 minutos você faz uma pausa de 5 minutos, período necessário para que o cérebro descanse e não tenha um desgaste muito grande. E depois você repete o ciclo.

Importante: se você não conseguiu terminar de estudar um conteúdo nos 25 minutos não há problema algum, depois da pausa você volta nele.

Por que funciona?

Porque essa técnica trabalha a agilidade, raciocínio e te ajuda a manter o foco;

Faça mapas mentais

Os mapas mentais são resumos construídos de forma estratégica que utilizam como principais ferramentas diagramas e palavras chave.

Os mapas mentais podem lhe ajudar de diversas formas nos estudos para concurso, mas o seu diferencial é que ao ser consultado ele te faz relembrar do conteúdo estudado de forma clara.

Como fazer?

Você pode fazer seus mapas mentais à mão ou utilizando ferramentas online, você escolhe a forma que mais dá certo para você. Mas é importante lembrar que o mapa mental é mais uma técnica de revisão do que de estudo.

Por que funciona?

Porque o mapa mental cria uma visualização clara e objetiva do conteúdo estudado, além de que pode ser uma importante ferramenta de revisão (que deve ser feita com regularidade).

Por fim, outras dicas para concurseiros são: tenha foco, seja organizado, alimente-se bem, faça atividades físicas e cuide da sua saúde (física/ emocional).

E você? Utiliza qual técnica de estudo?

Acima mencionamos as seis principais técnicas de estudo para concursos públicos, mas ainda existem outras formas de estudar e revisar o conteúdo, você as utiliza?

Deixe um comentário contando a sua experiência sobre o assunto e compartilhando a sua técnica pessoal que utiliza para aprender cada vez mais! Até nosso próximo artigo.

6 técnicas de estudo para concursos mais utilizadas pelos aprovados
5 (100%) 2 votes

Tem dúvidas, sugestões, ou quer compartilhar algo? Deixe um comentário.

Olá, desculpe o incomodo.

Mas você poderia curtir nossa página?