Skip to content

Vale a pena fazer faculdade? Veja pontos importantes antes de tomar essa decisão

12 março, 2019
Será que ainda vale a pena fazer faculdade?

Com o aumento dos índices de desemprego em diversas partes do mundo, inclusive, entre pessoas que possuem ensino superior, é normal se questionar se vale ou não a pena fazer uma faculdade.

De antemão é possível afirmar que é um assunto muito amplo e vai variar conforme seus objetivos profissionais, porém, seria completamente errôneo afirmar que fazer uma faculdade não vale a pena. Afinal estamos falando de conhecimento.

Há ainda algumas profissões que somente são exercidas com o diploma de ensino superior, como por exemplo: advogado, médico, engenheiro, arquiteto e muitas outras.

Como estudar para o ENEM sozinho? Veja dicas valiosas do que NÃO fazer no momento da preparação!

Dito isso, conheça a seguir as vantagens de se fazer uma faculdade. Se mesmo depois de vê-las você achar que não vale a pena cursar o ensino superior, tudo bem também, quem deve tomar essa importante decisão é você.

Vale a pena fazer faculdade? Veja as vantagens do curso superior

  1. Abre portas no mercado de trabalho: fazer faculdade pode te ajudar a conseguir um novo emprego que exija formação superior (geralmente o salário para vagas deste nível é cerca de 100% maior);
  2. Melhora o salário: com a conclusão do ensino superior, você está preparado para pedir um aumento no seu emprego, haja vista que você trará benefícios diretos para a empresa (mas lembre-se que sua formação deve ter correlação com as atividades da empresa);
  3. Abre possibilidades (pessoais e profissionais): quando você cursa o ensino superior, você não tem somente uma formação acadêmica, mas também pessoal. Você conhece novas pessoas (aumenta sua rede de contatos), se redescobre e pode encontrar algo que você gosta muito e que pode te trazer retornos diversos.

Exposto isso, você deve estar se perguntando como fazer uma faculdade se não tiver tempo e nem dinheiro disponível. Para tanto algumas opções podem te ajudar:

  • Ensino a distância (EAD): essa é uma opção vantajosa para quem não tem muito tempo disponível para frequentar uma faculdade todos os dias. Atualmente existe uma infinidade de cursos EAD, inclusive em Universidades gratuitas;
  • Programa Universidade para Todos (ProUni): trata-se de uma política pública que permite a concessão de bolsas de estudos integrais (100%) ou parciais (50%) em universidades particulares. É uma excelente opção para quem deseja cursar o ensino superior, mas não dispõe de recursos financeiros para pagar as mensalidades;
  • Financiamento Estudantil (FIES): é também uma política pública que pode ajudar o estudante a cursar uma faculdade, no FIES é possível financiar cursos em faculdades particulares e só começar a pagar depois que já estiver formado.

Para se inscrever no FIES ou no ProUni é necessário ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e cumprir alguns requisitos (como comprovação de renda, por exemplo).

Contudo, para finalizar é importante que você conheça as modalidades existem no ensino superior, sendo elas:

  • Licenciatura: trata-se de uma modalidade que visa à formação de professores da educação infantil e básica (Exemplo: licenciatura em Pedagogia, Matemática, História, entre outras);
  • Bacharel: trata-se de uma modalidade que visa a formação do aluno para o mercado de trabalho (Exemplo: Engenharias, Direito, Odontologia, entre outras);
  • Tecnólogo: trata-se de um curso com menor tempo de duração e, geralmente ligado às áreas de tecnologia (Tecnólogo em Redes de Computadores, Tecnólogo em Gestão Ambiental, entre outras).

Gostou dos pontos elencados? Agora a decisão é sua, veja qual caminho seguir e decida o seu futuro profissional. 🙂